Ads

Últimas Notícias

Entrevista com o Ikis

O ikis fala sobre sua carreira, planos futuros, sobre as polêmicas, diz que está solteiro a procura de uma namorada e que também está bem ancioso pra começar seus trabalhos solos.

1. Já sabemos que sua saída dos Señores Cafetões é definitiva, mas o que levou você a tomar essa decisão?

Não estava concordando com a forma do grupo agir e pensar, eu e o Speed estávamos seguindo caminhos diferentes com a música, eu indo mais pra um lado mais calle (Urbano | rua ), e ele para um lado mais perreo (agitado)...
Ai ficou complicado as idéias para fazer músicas novas baterem, então preferi sai.

2. Você disse que saíu por as idéias não baterem, não tinha um meio de haver um acordo? Foi só isso mesmo ou tem lances pessoais atrás de sua decissão?

Já havíamos tentado entrar num acordo com as composições, mais não estava batendo mesmo as idéias, não teve nada pessoal não.

3. Sabemos que você saiu do grupo por decisão própria, houve alguma discursão para chegar a tal ponto?

Não não, foi uma decisão minha bem íntima, refleti um bom tempo, coloquei as coisas na balança, o tempo e minha história no Señores, e vi que o melhor pra mim e para o grupo realmente seria meu afastamento.

4. Em resposta a um fã que disse: "Críticas, obvio que terão, mas não se abale com certas, algumas servem só pra tentar te confundir" Você respondeu que: "Em Relação a confundir, confunde mesmo, a gente pensa que o certo é o errado e que o errado é o certo, e quando vemos, já fomos manipulados" Em algum momento de sua carreira você se sentiu manipulado?

Não graças a Deus não, sempre refleti muito nas minhas ações, e acredito que sempre lutei pra dar o meu melhor pro grupo e pela minha carreira, mais as vezes algumas coisas podem nos confundir.


5. Qual é a sensação de sair do grupo onde você se dedicou 5 anos e dentro desse tempo, cresceu e viveu expêriencias únicas?

Pocha não da pra olhar pra trás com ar de melâncolia, são etapas, minha vida foi esses 5 anos, aprendi e vivi muitas coisas, conheci pessoas que hoje são muito importantes pra mim, é uma experiência única, agora quero continuar dando a continuidade nessa história com meu projeto solo, onde vou tentar seguir esse sonho, e como diz aquela frase clichê:

"Eu posso saír do Señores, mais o Señores nunca vai sair de mim"


6. Você já deixou bem claro em seu formspring que não é mais amigo do Mc papo ( seu ex colega de trabalho), tudo isso cabe apenas a confusão que envolveu a música "Piriguete"?

Não, a piriguete mesmo em si, teve um granade problema, mais tivemos outras diferenças que foram decisivas para não sermos mais amigos, ele lá, e eu aqui!

7. Em resposta a uma pergunta em seu formspring você disse que o que menos gosta é a ingenuidade, por que?

Por que com a nossa ingenuidade as pessoas se aproveitam para tirar vantagens, nos passar a perna, nos machucar, em todos os sentidos da vida.

8. Você já admitiu que não gosta de sua voz e que se odeia como cantor, mas que é muito esforçado, isso explicaria seu lado preferencial pelo estilo urbano, onde não se exige muiito da voz? Já se viu cantando outros Estilos?

Um pouco sim, e um pouco não, sempre fui fã de rap, hip hop, funk, reggaeton, e outros estilos...
As vezes faço parcerias com outros grupos, dou umas canjas em shows de amigos, que variam do hardcore ao samba...
Mais minha vida e o meu amor é realmente o Reggaeton e o Hip Hop.


9. Já pensou em algo diferente, tipo.. MPB?
Não, escuto algumas coisas mais não é um estilo que me veria cantando com amor e dedicação

10. O que vc espera do Reggaeton Nacional? 

Olha se me perguntassem isso quando eu comecei, eu falaria que era uma luta inútil batalhar pelo reggaeton nacional.
Eram pouquíssimas pessoas que estavam empenhadas nesse projeto.
Agora depois de seis anos, eu acredito muito no Reggaeton Nacional, cada vez mais aparecendo músicos de qualidade, bases cada vez mais boricuas, e vários, dj´s, grupos, produtores, se empenhando nisso.
Até mesmo os que eram contra o reggaeton nacional, hoje em dia vem se rendendo ao reggaeton brazuca, e também cada vez mais ganhamos espaço fora do Brasil, então acho que o estopim foi aceso, e em breve a bomba do reggaeton pega no Brasil


11.O Reggaeton tardou muito pra estourar aqui no Brasil. Na sua opinião por que isso aconteceu já que aqui é uma terra tão multicultural? 

É simples, o Brasil não se vê como um país de origem latina, e tão pouco são os brasileiros que se sentem "Latinos".
Infelizmente um argentino, um uruguaio, um colombiano, se perguntarmos a eles o que eles são, eles dirão que são latinos. Se fizermos a mesma pergunta a um brasileiro, ele dirá que é brasileiro.
Por isso temos tantas barreiras com coisas latinas que querem entrar no país.
Mais graças a Deus cada dia mais as pessoas estão mudando a forma de pensar e olhar os latinos

12.Você se arrepende de algo que fez em sua carreira? Voltaria pra concertar algo?


Hummmmm! Namoraria mais! (risos) Brincadeira. Acho que se eu fosse mudar algo, eu não mudaria nada, as coisas boas as coisas ruins, tudo é aprendizado e experiência, o que eu poderia ter feito seria ter me dedicado mais, passar mais tempo escrevendo, mais tempo ensaiando, mais temo me empenhando.
Não que eu não tenha feito isso, mais a prática leva a perfeição!

13. Essa é uma pergunta que normalmente todos reggaetoneiros fazem... Como você conheceu o Reggaeton? Por que escolheu esse gênero pra cantar e qual foi a primeira música de Reggaeton que ouviu?

Eu já havia conhecido com gasolina, e com algumas outras músicas latinas mais antiga, mais quem me explicou primeiro foi o Sped (Señores Cafetões) então passei a procurar aprender mais, estudar sobre o estilo, suas influências, suas raizes, daí me apaixonei totalmente pelo dembow!

14. Sei que essa é uma briga velha e já não vale a pena resaltar, mas o que você tem a falar sobre a polêmica da música "PIRIGUETE"? Quem é o verdadeiro autor?

Essa música rende polêmica até hoje (Risos) o Papo fez junto com o Sped na época em que ele era do Señores, eles compuseram várias músicas juntos...
Só que no fim das contas ele tem os direitos como autor e intérprete, e nós como intérpretes
  
15.O que mais te chatea em relação a sua carreira...fãs...polêmicas...?

Hummm, acho que as pessoas que criticam só para te jogarem pra baixo, e não afim de te ajudar a ter um crescimento...
Ou quando damos uma oportunidade a alguma pessoa, e ela retribui com ingratidão.

  • DESCREVA VOCÊ
Hummm, sou um cara tranquilo, gosto de ir a bares com os amigos, sou fanático pelo Cruzeiro, meu time do coração
Amo o que eu faço, pratico paintball nas horas vagas huahuahau
E procuro uma namorada hauahuahua - Conclui o solteirão Ikis com risos presos.
  • Mande um recado pro seus fãs que tanto te apoiam!

Primeiro queria agradece-los por isso.
Segundo peço paciência com a demora para as novas músicas, espero muito que eles gostem, e que continuem não só apoiando a mim, mais também a todos os outros que estão lutando pelo reggaeton brasileiro, dentro e fora dos palcos.

Essa luta só está começando.