Ads

Últimas Notícias

Latino fala pela 1ª vez sobre as acusações contra a sua versão de "Danza Kuduro"


O Latino entrou em contato com o nosso site e falou com exclusividade sobre a Polêmica que ronda a sua versão da canção do Lucenzo "Danza Kuduro". Sabemos que a equipe de Lucenzo ainda não fala claramente sobre o assunto, e o Latino nunca havia dito nada a imprensa, porém pela 1ª vez com exclusividade o Latino resolve então dá as caras e falar sobre o ocorrido.

"Versão não é ilegal, tudo que eu fiz tive autorização das editoras responsáveis. Não sou maluco!! As pessoas julgam sem saber." - Disse o Cantor Latino.

O cantor também na entrevista deu como exemplo a sua música "Tou nem aí" interpretada pela cantora Luka, um grande sucesso brasileiro que ele compôs e foi regravada em mais de 8 versões espelhadas pelo mundo.

"Quem ganha quando a música é regravada (c/ autorização) são os compositores! No caso do KUDURO são 4 compositores e 3 deles me autorizou." Continuou Latino. "Plagio é uma coisa, regravação autorizada é outra!" - Desabafou


Para muitos essa informação pode até ser surpresa, mas para quem assistiu o Legendários no dia de sua participação percebeu que no letreiro da TV aparecia não só 4 como 5 compositores:  Lucenzo S. Alexander/C.Govic/ A.Moore/D.Omar, logo o Latino nesse quesito não estaria blefando.


"As únicas músicas de 300 de minha autoria que eu fiz versões autorizadas foram AMIGO FURA OLHO, FESTA NO APÊ e KUDURO. Em 20 anos de carreira!" - Afirma Latino

O Lucenzo não falou abertamente que iria processar o Latino, mesmo assim essa noticia virou destaque de  manchetes de fofoca, até porque o autor da canção deixou claro que não gostou nada da idéia de outro cantor está fazendo sucesso com sua música.

- É chato pra um artista fazer um trabalho e dar conta que alguém está fazendo como se o trabalho fosse dele. É sempre chato para o artista. - Diz Lucenzo em entrevista com a Jovem Pan.


Toda essa polêmica começou depois que o Latino afirmou em seu twitter que iria fazer uma versão "internacional" de Dança Kuduro, porém o Lucenzo respondeu em sua página do microblog que essa informação não era verídica e que Latino nem ao menos tinha autorização para a utilização do Hit do qual ele era o único compositor. Mas isso não inibiu o cantor Latino que logo em seguida por ficar em maus lençóis convidou de imediato o cantor Lucenzo para participar de seu novo DVD comemorando 20 anos de carreira, porém o mesmo disse que não participaria de nada e que não tem pretensão nenhuma de que um dia isso venha a acontecer. Ele não só escreveu isso em seu twitter como também fez um vídeo no qual também  anunciava sua turnê pelo Brasil.

"Tem compositores que nem sempre aparecem na BIO da música! Eu por exemplo tenho várias composições que não coloco a cara! Isso evita pensões altas. (Risos)" - Confessou o cantor Latino se referindo ao fato da canção "Danza Kuduro" haver mais de um compositor legal.

O Latino, um grande influente na mídia brasileira, estava com a sua versão "Dança Kuduro" estourada nas rádios dos grandes centros por todo o Brasil, porém depois dessa declaração do Lucenzo uma onda de protestos foi embalando junto ao seu declínio, Danza Kuduro de Lucenzo e Don Omar liderou então disparando à frente da versão brasileira e muitas rádios até deixaram de tocar a versão canarinho.
O boato de possível processo contra o Latino surgiu de uma colunista do R7 e esse foi o ponto chave para que o assunto virasse manchete de vários sites e noticiários e virá o que virou.

Mesmo depois de várias declarações do Lucenzo dizendo que não conhecia o Latino e que nem queria ouvir falar dele, sempre que era possível era lhe perguntado sobre a polêmica e a resposta sempre era a mesma:

"- Minha equipe jurídica está tratando do assunto, eu não conheço o Latino e nem quero conhecer-lo."


Latino, que já fora acusado várias vezes de plágio volta a afirmar que não houve qualquer ilegalidade na sua versão brasileira "Dança Kuduro", porém afirma que não teve qualquer apoio do autor Lucenzo.


"Os outros 3 liberaram! Menos ele. E agora o mesmo está tentando convencer os outros 3 pra não liberar pro meu DVD. Pensa! O cara é irredutível. - Concluiu Latino.


De acordo com informações, a versão da música está registrada no nome do Daddy Kall, o qual convidou o Latino para fazer a nova versão brasileirada e que tudo está legalizado e registrado pela EMI do Brasil.


Como essa história terminará? Ainda não sabemos, mas estamos cientes de que o Lucenzo e o Latino se estranharam e seus fãns ficaram divididos e confusos.

É nítido que os reggaetoneiros não são fãs de versões, seja elas autorizadas ou não, eles acreditam que cada um deve cantar suas músicas, mostrar o seu "eu" dentro de suas canções e expor aquilo que ele realmente sente ou pensa, do seu próprio jeito. Porém é claro que não há problemas se houver uma versão autorizada e bem feita, o importante é que façam músicas que o povo goste e se tratando de reggaeton, que façam músicas que envolvam.

"Eu acho que o Latino deveria seguir em frente com novos projetos, e que deveria sim focar no reggaeton para fortalecer o gênero, é um estilo que existe no Brasil e poucos conhecem, é necessário estudar e escrever temas um quanto melhores do que as suas versões brasileiradas de clássicos já consagrados." - Desabafa um reggaetoneiro em relação a Latino.


"Não é a primeira ver que ele faz versões de reggaeton, sem nem defender o gênero" - Diz outro reggaetoneiro se referindo a versões como "Amigo Fura Olha (Ella y Yo - Don Omar e Aventura)" "Arregaçando a Choppeira" versão de "Passame la Botella" de Daddy y Macht e até mesmo da canção turca "Selinho na Boca" uma versão mais reggaetonizada de "Simarik" do cantor Tarkan.

É... o assunto rendeu, ninguém sabe o que vai acontecer, mas também é possível que fique do jeito que está.
Não recebemos ainda um e-mail da equipe jurídica do Lucenzo explicando o caso. Enquanto isso, Latino anuncia em seu twitter que está trabalhando em novo projeto: LOVUMBA Brasil. Ele afirma que recebeu um convite do assessor de Daddy Yankee em MIAMI para que ele fizesse uma participação na nova versão Lovumba com o próprio cantor de Daddy Yankee. [Saiba Mais]

"Será uma ótima oportunidade para que o Latino tire a mal imagem que criou em torno dele" - Confessou um de nossos leitores.

"Tudo não passou de uma mal entendido, Latino deveria fazer menos versões e as pessoas menos pressão, é uma situação chata pra ambos" - Concluiu um outro leitor.

Veja o clip de LATINO e Daddy Kall