Reggaetoneiros usam Hashtag no twitter contra o preconceito ao Reggaeton no Brasil

Na madrugada de ontem após uma discussão no grupo REGGAETON BRASIL, o grupo mais quente de Reggaeton no Brasil, reggaetoneiros começaram a usar hashtag no twitter e até no próprio facebook como manifesto contra o preconceito ao Reggaeton no Brasil.

Toda a discussão começou quando um membro do grupo postou a seguinte mensagem:



A mensagem que além de vários erros ortográficos, levava uma mensagem clara de preconceito que muitas pessoas ainda tem. Muitos ainda acreditam que o reggaeton está preso a língua espanhola e que não pode ser cantado em português. Tudo isso por que o Reggaeton foi criado no Panamá e cresceu nas ruas de Porto Rico, países cujo o idioma oficial é o espanhol. Mas acredito que os mesmos devem ter esquecido quem os primeiros a tentarem por acidente a fazer o 'reggaeton' eram Jamaicanos que trabalhavam em Panamá cujo seu idioma oficial era o inglês, o que já desmisticava esse preconceito tão antigo e errôneo.
O Reggaeton é um dos grandes gêneros mundiais e engloba boa parte do gênero Urbano. Sua estrutura se tornou tão diversificada que muitas vezes já é difícil diferenciar o que é reggaeton e o que não é. Com tudo, todos sabem que um gênero não tem patente de idioma, um gênero é livre e pode ser cantado por qualquer pessoa em qualquer língua, a prova disso são os milhares de reggaetons cantado em inglês, em grego, em árabe, em francês, em português de Portugal, em Japonês, Turco, em Português do Brasil, dentre as centenas de idiomas que qualquer estilo é sujeito. Enquanto os Porto Riquenhos, como o próprio Don Omar ou a Ivy Queen, tentam cantar em português, ainda tem pessoas com esse pensamento.

Esse preconceito de língua não é só presente no gênero Reggaeton, mas também no rock, que também sofre muito com o preconceito partido deles mesmo, acreditando que o rock deve ser cantado apenas em inglês e que rock nacional nem de longe chega perto.

A questão é que olham muito para fora, acompanham a evolução de fora, mas não deixam os elementos aqui dentro evoluírem, "o próprio preconceito é uma barreira de evolução" (Arpe).

Alguns reggaetoneiros fizeram questão de aderir o movimento, compartilhando fotos no facebook, e postando tanto no facebook quanto no twitter a hashtag: #EuAmoReggaetonBrasil.




Eu ouvi dizer que o Brasil nunca vai saber o que é Reggaeton, porque muitos tocam, muitos curtem, mas poucos sabem o que é, mas estamos aqui pra mudar isso, ou melhor... já estamos mudando isso. Acredito que Reggaetoneiros de verdade independentes do idioma curtem e sabem o que é de fato o reggaeton.

Continuem postando #EuAmoReggaetonBrasil
Participem da nossa Página Oficial no facebookhttp://www.facebook.com/ReggaetonBrasilOficial
Nosso grupo de discussão: http://www.facebook.com/groups/reggaetonbrasil/
e é claro, nosso twitter: https://twitter.com/ReggaetonBr
Share on Google Plus

Escrito por Dermeval Neves

Site Oficial do Reggaeton no Brasil criado desde 2007. Entre em contato conosco através do nosso e-mail: contato@ReggaetonBrasileiro.com. | INSTAGRAM: @ReggaetonBrasil