ULTIMAS POSTAGENS DO NOSSO SITE:

Estudantes levam o Reggaeton para as ruas de Campina Grande - TV Paraíba - Conheça Giordana Leite


Todos que acompanham o nosso site com certeza já conhecem o trabalho da Giordana Leite que volta e meia sempre vem causando em nossas matérias. Sempre em destaque em nosso site, Giordana  já foi até capa de um dos nossos álbum de Reggaeton. Dessa vez Giordana Leite ganha maiores proporções, e vai de destaque do nosso site pra ganhar destaque também na TV da Paraíba. Veja a matéria que foi ao ar nessa semana:


 

SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE GIORDANA LEITE: A paraibana arretada, começou sua jornada no Reggaeton de forma bem sutil quando começou a postar vídeos na internet dançando. Um dos seus primeiros vídeos foi um Reggaeton Brasileiro 'Ela já não é a mesma' do cantor baiano de Reggaeton ARPE em 2012, onde ficou conhecida no gênero Reggaeton, e desde então nunca parou.



Giordana está em sua melhor fase, com um grupo de dança ela leva o Reggaeton para onde vai, com muito gingado e swingue.


COMO TUDO COMEÇOU:
Desde pequena Giordana tinha forte influência musical na família, seu pai era músico, cantava em eventos e bares. A pequena Giordana embora tivesse a influência, do forró, mpb e rock nacional dentro de casa, foi através do seu tio que ela conheceu o gênero urbano se apaixonando pelo Hip-Hop, onde seu tio que dançava Funk Soul lhe ensinava alguns passos de break e popping da época. E foi através de DVD's de Hip-hop que ela conheceu o Reggaeton. Criança de 10 anos, Giordana começou aos poucos trocar 'Eo tchan' e Molecada, por cantores como Daddy Yankee e Shakira. Apaixonada pela canção 'Gasolina' do artista Daddy Yankee, começou então a buscar saber mais sobre o gênero e era a música que não faltava em seu som. Como não havia muitas referências da dança do Reggaeton, com 12 anos, já começou a adicionar passos que aprendeu assistindo Beyoncé nos Dvd's em cima das músicas de reggaeton.

No ensino médio se apresentava na escola, onde percebia uma aceitação muito grande e foi nessa época que ela sentiu algo especial sobre a dança e o Reggaeton. Nas festas da escola tocava muito Reggaeton e ela antes nunca havia visto uma sala inteira dançando ao som do dembow (batida do Reggaeton). "Tocava mc papo, senores cafetoes, entre varias outras nacionais, a maioria das músicas das festas eram reggaeton e nem era eu que estava organizando as festas, foi ai que percebi que o reggaeton toca bastante nas festas ( ''bailes'') nas comunidades de João Pessoa, como na Ponte Preta no bairro de Mandacaru, por exemplo. Logo em seguida conheci alguns cantores locais através do meu pai que é musico e trabalha atualmente com sonorização e eventos, ele me apresentou Mr so Brasil, depois Yuri y Will, e o grupo Abiarap."-  Diz Giordana

A Giordana encantada com a cena urbana, participou também de um grupo de Break por onde ficou um certo período, logo depois foi forçada a morar em Campina Grande por causa dos estudos. Com alguns problemas e tendo que cuidar da sua bisavó por 2 anos, Giordana não saía muito, mas usava a dança como válvula de escape, "Quase entro em depressão, depois tive uma experiência com Deus que me confortou e me deu a paciência e calma, tive o sentimento de que tudo isso precisava acontecer, então eu ficava treinando em casa, meu lazer era a dança, era onde eu achava a cura, minha forma de comunicação com Deus, então eu dançava, e dançava muito o reggaeton, sem a maldade que muitas pessoas vêem na dança. Passava horas ensaiando coreografias, preparando meu corpo, tudo isso ao som do reggaeton, foi quando eu pedi para minha irmã gravar eu dançando... nossa! A repercussão foi ótima e ao mesmo tempo libertadora" - Conta Giordana.

Em 2012 com seus 18 anos, Giordana ingressa na faculdade e conhece Anderson Silva e Paloma onde juntos montam um trio para dançar, dando inicio ao grupo 'Ritmo Urbano' gerando extrema repercussão na faculdade. Logo em seguida a Giordana foi convidada a fazer parte do projeto "Mexe Campina", um projeto da Prefeitura , onde faz um trabalho com os Jovens e em paralelo participava projeto de extensão ''universidade em dança'' do grupo de pesquisa e extensão: Corpo, Educação e Linguagens - CEL, da universidade estadual da paraíba UEPB Departamento de Educação fisica, que foi quando iniciou a sua formação profissional, tanto como bailarina, coreografa como também professora. "A formação docente é um processo, estamos sempre em constante aprendizado., então decidi dar uma ideia a minha orientadora de unir um dos projetos de extensão da facul"- Explica a Giordana ao nosso site. O projeto foi um sucesso e foi ai que criaram o concurso de dança Ritmo Urbano, onde vários grupos se apresentaram e muitos deles foram formados dentro do projeto.

Atualmente o ritmo urbano participa de concursos de dança, promove concursos, participa de eventos, workshops e cursos, como também saem em busca de profissionalização sempre. Devido a expansão,giordana criou uma proposta além do Ritmo Urbano, o grupo Swag Move, um grupo só de reggaeton, que devido a dedicação ao projeto de pesquisa a Giordana acabou dando um tempo. Atualmente ela é professora e pesquisadora não só sobre o reggaeton, como também sobre a dança de salão, culturas afro, estudos sobre o corpo, educação e dança: formação docente no campo das linguagens, fundamentação de passos.... e está terminando a sua graduação este ano, e já pensa em uma especialização na área.
Share on Google Plus

Escrito por Dermeval Neves

Site Oficial do Reggaeton no Brasil criado desde 2007. Entre em contato conosco através do nosso e-mail: contato@ReggaetonBrasileiro.com. | INSTAGRAM: @ReggaetonBrasil