O que é Funkton? Conheça o Reggaeton que tem elementos do Funk Brasileiro.


Funkton é o nome dado a uma variação de Reggaeton Brasileiro que mistura elementos do Funk Brasileiro em canções de  Reggaeton. A palavra surgiu em 2007 após cantores de Funk começarem a migrar pro Reggaeton, porém mantendo o flow de Funk .
O termo era usado pelos próprios fãs de Reggaeton para diferenciar as canções do gênero que lembravam o Funk.
É chamado de Funkton toda e qualquer canção de Reggaeton que contenha elementos do Funk ou lembre a forma de cantar que os Mcs de Funk usam em suas canções.

O termo ganhou  força após a explosão do hit 'Piriguete' na voz do grupo de Reggaeton Señores Cafetões. Sem dúvida foi um dos Reggaetons Brasileiros mais tocados nas pistas de dança, um marco histórico no gênero. Todavia o Reggaeton era um estilo totalmente desconhecido e a canção durante algum tempo foi confundida  com o Funk Brasileiro pela sua linguagem e ritmo dançante.


Devido a explosão do hit 'Piriguete' o Reggaeton estava invadindo os bailes e já tocava muito em festas de Funk, muitos MC's começaram assim a produzirem faixas de Reggaeton, foi então que o autor da Piriguete, Alexandre Materna, conhecido como Mc Papo, resolveu fazer a fusão dos dois estilos em um só, e assim o que antes era apenas um acidente de migração de estilo, nasceu algo mais concreto, o Funkton. E foi nessa brincadeira que surgiu a canção 'Só um tiquin' misturando o Reggaeton com o tamborzão do Funk em uma mesma canção.


Antigamente era difícil compreender a ideia do Funkton, mas hoje se tornou muito mais claro mesmo não tendo um padrão definido. O Funkton nada mais é do que um Reggaeton com a nossa cara, a nossa brasilidade.
Apesar das criticas, a ideia ganhou novos adeptos e tanto funkeiros quanto Reggaetoneiros produziam canções mesclando ambos os ritmos. A ideia é atingir o público do Funk e fazer com que eles ganhem uma certa intimidade com o Reggaeton e se sinta convidado a conhecer melhor o gênero.

Veja algumas canções de cantores de Reggaeton que aderiram a nova tendência.

Iwood part. Ptu Urzua - Ellas saben


Premier - Pra Ostentar


Até cantores já consagrados do Reggaeton Mundial como RKM entrou na nova onda:


Veja a cena do Funk aderindo a nova mescla:

Na canção "treme Bunda" o Funkeiro Mc R1 não esnoba da batida do Reggaeton mas usa um dos riddims mais famosos do Reggaeton e também do Dancehall. Riddims esse usado até hoje nas canções de Reggaeton.



Sobre essa mistura de Reggaeton e Funk, R1 diz: "Eu acho perfeito, é o que estava faltando pro funk. Antigamente os produtores colocavam só um solo ou arranjo em cima da base das músicas, já o reggaeton trabalha muito mais a parte instrumental". ¹

Na linha ostentação, o funkton "Final de Semana" do MC Menor da DS fez sucesso nos bailes. "Cara, o público reage bem quando toca", diz o MC que produziu seu primeiro Funkton. ²



O Produtor Dj Rhuivo, ex-cantor do grupo Muamba Bitt, um dos grupos brasileiros de Reggaeton de maior destaque, viu a novidade pipocar nos bailes e não exitou em produzir um som na pegada do Funkton.

MC Negão da Penha e D Tcheco Muamba Bitt - Vem pro Furducinho


A novidade parece ter agradado os Funkeiros que estão sempre em busca de trazer novos elementos pra cena no Funk e inclusive criaram recentemente um novo tipo de Funk com elementos do Reggaeton e do Pagode baiano, chamado de Rasteirinha (ou Raggafunk).

Nosso site que foi o primeiro a usar essa expressão, sempre abraçou  a ideia do Funkton desde o inicio quando o termo ainda não era difundido e ainda causava estranhamento, abrindo uma sessão especial com canções de FUNKTON, acreditando que a união de ambos estilos possam revolucionar o mercado brasileiro e convidar as pessoas a se acostumarem e a conhecerem mais o Reggaeton e é exatamente o que hoje vem acontecendo.

O MC Papo acredita que o funkton não estourou porque ainda são poucos artistas desenrolando o gênero no Brasil. Mesmo assim, ele vê com bons olhos novos artistas que resgatam o estilo como a Tati Zaqui no som "Água na Boca", produzida pelo Dj Perera. "Isso pode ajudar a crescer e unir o movimento", afirma Papo ao site Thump.

A Tati Zaqui não só vem resgatando o Funkton como foi a primeira cantora a defender o Funkton de forma bem clara na mídia, deixando evidente que se tratava de um Reggaeton com elementos do Funk. O seu vídeo Lyric da canção Água na Boca já alcançou mais de 7 milhões de visualizações e em breve a canção ganhará vídeo Clipe gravado no México. E graças a essa canção que o termo FUNKTON vem se popularizando.



"Queria criar algo dançante, que não fugisse do funk, mas que fosse diferente de tudo!". - Comenta Tati Zaqui que promete trabalhar em nova canção de Funkton em breve.

Se engana quem pensa que a Tati Zaqui caiu de paraquedas nessa de Reggaeton. Antes mesmo do sucesso em Rasteirinha Parara timbum, a Tati já gravava vídeos dançando canções de Reggaeton misturando alguns passos de Funk, e sempre deixou claro nas redes sociais que é fã assumida do ex-cantor de Reggaeton Jadiel, que morreu em um acidente de moto, inclusive separamos um vídeo onde a Tati dança uma canção de Reggaeton do Jadiel com alguns passos de Funk.


Essa junção tão homogênea se deu ao fato de no Reggaeton existir uma subcategoria chamada 'Perreo' que seria o nosso "sarrar", que são canções voltadas mais para sensualidade e explora temas voltados a sexualidade e a dança provocativa.

"O funk é coisa nossa, é o resultado do encontro da cultura estrangeira com a nossa cultura. Assim como o reggaeton é o retrato da galera do Caribe que foi influenciada pelo dancehall jamaicano" - Conclui Papo.


Perguntas frequentes:

Funkton ou Funketon?
Na arte não existe certo ou errado, porém o mais comum e o mais correto é usar Funkton, além do que, segue a lógica de outras variações do Reggaeton já existentes como o Salsaton (Salsa + Reggaeton) e o Cubaton (Reggaeton de Cuba), usando apenas o primeiro nome mais a terminação ton, sem o acréscimo do 'e' entre as palavras. O termo Funketon só surgiu após a canção da Tati Zaqui onde no vídeo Lyric, por acidente ou não, o termo foi escrito com 'e'.

Pra que misturar o Reggaeton com o Funk?Hoje o sertanejo e o Funk são os estilos brasileiros mais próximos do Reggaeton que temos e ambos estilos estão em total evidência em nosso país, mesclar esses estilos significa fazer com que o Reggaeton se espalhe em diferentes grupos e alcance mais pessoas, abrindo novas portas e aproximando as pessoas da cultura do Reggaeton.
O Funkton seria um estilo derivado do Funk ou de Reggaeton?

Dentro da classificação musical, o Funkton tem mais elementos do Reggaeton do que do Funk, o que faz o mesmo pertencer ao gênero Reggaeton, sem desmerecer o Funk. Logo um Funkton não pode ser chamado de Funk e sim de Reggaeton.

Qual a diferença entre Rasteirinha e Funkton?

A rasteirinha é um tipo de Funk que tem elementos do Reggaeton e do Pagode baiano. É um funk na velocidade e no mesmo compasso do Reggaeton com influências do Pagode e normalmente vem acompanhado de um pandeiro. Já o Funkton é um Reggaeton com elementos do Funk. Normalmente se usa o Funk como pontes ou adiciona elementos dele sobre a batida do Reggaeton (dembow), mas a base é toda construída em cima do Reggaeton. Produções de Funkton normalmente tendem a serem produções mais simples e com menos instrumentos do que um Reggaeton tradicional.

Seria errado nomear canções de Reggaeton como Funkton? Por que não chamar apenas de Reggaeton? O que isso influencia?

As pessoas sentem necessidade de dar nomes as coisas. Assim como em Porto Rico, onde surgiu o Reggaeton do qual conhecemos hoje, o Brasil também tem seus estilos próprios que já tocavam antes do Reggaeton surgir na cena, e para ser inserido no cenário Nacional a mistura é um fator importante, pois alcança novos públicos. Em Porto Rico, muito foi usado o termo Salsaton, para convencer os grupos de Salsa a tocarem Reggaeton nos Clubes voltados apenas para Salsa. O Salsaton é um Reggaeton que contém elementos da Salsa, inclusive se dança como Salsa, a mesma coisa foi feito com outros estilo como Mambo e Bachata, apenas para alcançar novos públicos e vender mais rápido como produto novo. No Brasil além do Funkton, adotamos também o Sambaton, mas sempre frisando que independente da nomenclatura todos esses são Reggaetons. Essas divisões são apenas formas comerciais de deixar explicito o novo produto do qual está para ser consumido.


E você o que achou da nova onda do FUNKTON?
Share on Google Plus

Escrito por Dermeval Neves

Site Oficial do Reggaeton no Brasil criado desde 2007. Entre em contato conosco através do nosso e-mail: contato@ReggaetonBrasileiro.com. | INSTAGRAM: @ReggaetonBrasil