Ads

Últimas Notícias

Maluma agita Brasília, leva 'não' de fã e deixa saudade

Maluma em Brasília / Foto: VINÍCIUS SANTA ROSA
São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Essas três capitais receberam a primeira turnê do cantor Maluma e todas foram com casa cheia. Dessa vez sem Anitta, Maluma levou o público ao delírio com seus grandes sucessos, como "Sim ou Não", "Felices Los 4", "El Perdedor" e a recém-lançada, "Corazón", versão espanhol do hit de Nego Borel.

Em São Paulo, no dia 9 de novembro, o ponto forte do show foi a participação do cantor e ator Lucas Lucco. O mineirinho trouxe Maluma pela primeira vez para um palco brasileiro, em 2014, para cantar "Princesinha", na gravação de seu DVD. Três anos depois, os dois cantores voltaram a se encontrar e cantaram a mesma música. O público cantou junto e a grande atração da noite rasgou elogios ao amigo.


No dia 10 deste mês, Rio de Janeiro. A casa de espetáculo Vivo Rio recebeu não só cariocas, mas muitos mineiros, que enfrentaram algumas horas de carro para acompanhar o ídolo. De Juiz de Fora, a fã Ana Luiza Bernardinho levou a melhor na noite carioca. Encontrou o ídolo no aeroporto e foi escolhida pelo próprio para subir no palco na música "Vuelo hacia el olvido". A jovem ganhou abraços, carinhos, selfie e um beijo na boca. Eita, sorte!

Quem teve essa mesma sorte de ser escolhida para subir no palco foi Evelyn, de 17 anos, no show de Brasília, no dia 11. Muito bem arrumada, maquiada e colada na grade, a candanga se destacava das demais fãs da primeira fila. Ela foi a escolhida pela produção do cantor, mas de maneira inusitada, rejeitou o convite. O produtor do show ficou furioso: "Você perdeu a melhor oportunidade da sua vida. Muitas queriam subir no palco com ele". Parceiros, até Maluma leva toco.






Tímida, a jovem relevou a essa reportagem que namorava, acompanhava o primeiro show da vida e sabia somente três músicas do cantor. Após a "rejeição", Maluma não chamou outra fã. Cantou sozinho. No entanto, na música seguinte, ele apontou por alguns segundos para Evelyn durante sua apresentação. Parece que o artista realmente queria ficar frente a frente com a bonita jovem. 

Ainda em Brasília, antes do início do show, o DJ carioca do 'Sigue Bailando', grupo contratado para o pré e pós do evento, também teve uma noite inesquecível. Ele colocou para tocar "Bicicleta" de Carlos Vives com Shakira, música presente no setlist de Maluma e por uma questão ética, não poderia ser tocada por ninguém.

A produção do colombiano mandou o DJ trocar a música com urgencia e sem graça, o DJ acatou o pedido na mesma hora. Poderia ter voltado pro Rio sem essa. Outro ponto foi o fato de muitos reggaetoneros reclamarem do DJ colocar pop e funk. Os fãs da música latina queriam mais reggaeton e suas sugestões não foram bem-vindas. Fora isso, ele tocou boas músicas e fez uma apresentação normal. 

Bom mesmo foi só a atração principal. Maluma, baby!
Até a próxima! Beso